Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • >
  • BLOG


nosso blog

23/11/2022 18:11

O que é vigilância ativa do câncer de próstata?

O câncer de próstata pode se apresentar de diversas maneiras – desde uma doença agressiva, e que pode levar o paciente à morte, até uma doença de pequeno volume, confinada à próstata, e de baixa agressividade.

 

Nesse cenário, alguns pacientes diagnosticados não precisam realizar tratamentos imediatos, podendo ser monitorados e acompanhados com exames periódicos, em doenças pouco agressivas, pela chamada vigilância ativa.

 

Para esclarecer do que se trata essa conduta, conversamos com o urologista, Dr. Daniel Elias Carara. Confira o conteúdo e entenda.

 

O que é vigilância ativa no câncer de próstata?

 

A vigilância ativa é uma modalidade de tratamento do câncer de próstata. Nela, o paciente fará diversos exames periodicamente e poderá esperar, mantendo sua qualidade de vida, até o momento em que seja necessária uma intervenção, seja por cirurgia ou outros métodos, e adiar os efeitos colaterais desses tratamentos.

 

Quais os benefícios dessa conduta?

 

Este tratamento é indicado em casos de tumores pequenos e pouco agressivos, com a finalidade de evitar tratamentos agressivos e com efeitos colaterais, sem necessidade. É Preciso ficar claro que se houver progressão da doença, o paciente sairá da vigilância ativa e fará o tratamento curativo, como a cirurgia ou outros tratamentos.

 

Com a vigilância ativa, é possível realizar o acompanhamento do câncer de próstata, mantendo a qualidade de vida do paciente.

 

Entre os principais benefícios com essa conduta, estão evitar efeitos colaterais e diminuir as complicações que possam ocorrer com o tratamento cirúrgico, hormonal ou radioterápico, sendo os principais:

 

  • disfunção erétil;
  • incontinência urinária;
  • riscos cirúrgicos, como infecção ou sangramento;
  • efeitos colaterais da radioterapia.

 

Como é feito o acompanhamento dos pacientes?

 

A vigilância ativa pode ser individualizada, conforme cada caso, mas de uma maneira geral ela é realizada através dos seguintes exames:

 

  • coleta do PSA a cada 3 meses;
  • toque retal a cada 6 meses;
  • ressonância magnética anual;
  • biópsia anual ou bianual;
  • outros exames de imagem.

 

É seguro permanecer em vigilância ativa?

 

Sim, porém é necessário que o paciente siga com rigor o acompanhamento com seu urologista e realize os exames na frequência solicitada pelo médico, avaliando assim a progressão da doença e uma eventual interrupção da vigilância ativa para o tratamento ativo.

 

Existem estudos que mostram os pacientes que se mantiveram na vigilância ativa, em 15 anos, com acompanhamento adequado, a taxa de mortalidade pela doença foi abaixo de 5%.

 

Quando passa a ser necessário realizar o tratamento definitivo?

 

Existem casos em que apenas a vigilância ativa não é mais suficiente, sendo necessário discutir sobre o tratamento definitivo, que ocorre por meio da cirurgia ou outros métodos. Essas alterações no quadro do câncer de próstata são:   

 

  • elevação do PSA;
  • progressão da doença;
  • piora na agressividade do tumor;
  • sinais de invasão do tumor para estruturas vizinhas.

 

Importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata

 

Sempre vale ressaltar a importância de os homens manterem os exames de rotina em dia. Além do diagnóstico precoce aumentar as chances de cura, encontrar o tumor em sua fase inicial irá garantir maiores chances de cura, tratamentos menos invasivos, ou até mesmo oferecer a possibilidade de o paciente realizar a vigilância ativa.

 

Lembrando que, segundo o INCA, aproximadamente 15 mil homens morrem por ano no Brasil em decorrência do câncer de próstata, sendo a segunda causa de morte por câncer no homem.

 

O câncer de próstata é uma doença que evolui de forma silenciosa, sem apresentar sintomas. Nesse sentido, os exames de rotina com o urologista fazem toda a diferença para a saúde, longevidade e qualidade de vida do homem.

 

Então, mesmo se você não tiver nenhum sinal da doença, mas tem a partir de 50 anos de idade (ou 45 anos com fatores de risco), procure um urologista e realize os exames preventivos.

 

Você já fez seus check-ups anuais de saúde? Se ainda não, nosso corpo médico está à sua disposição. Agende uma consulta, teremos muita satisfação em te atender!

 

Comentários
Comentar


Outras notícias
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +