Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • >
  • BLOG


nosso blog

07/01/2022 11:01

O que é o câncer de colo do útero e o que você precisa saber sobre a doença

O Janeiro Verde é o mês de conscientização sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de colo do útero. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), trata-se do terceiro tipo de neoplasia mais comum entre as mulheres.

 

Uma característica importante deste tipo de tumor é que, na maioria dos casos, pode ser prevenido através de alguns comportamentos, consultas regulares com o ginecologista e realização de exames.

 

Pensando em alertar o público feminino neste sentido, conversamos com o cirurgião oncológico com foco em tumores ginecológicos, Dr. William Casteleins, a respeito de diferentes aspectos da doença. Acompanhe o conteúdo e saiba mais!

 

O que é o câncer de colo do útero?

 

Este é o nome dado aos tumores malignos que se desenvolvem a partir de alterações no colo do útero, denominadas lesões precursoras, causadas pela infecção persistente dos tipos oncogênicos do papilomavírus humano (HPV). Os mais comuns no Brasil são o HPV-16 e o HPV-18.

 

Quando diagnosticadas antes de se tornarem cancerígenas, as lesões, na maioria das vezes, são totalmente curáveis. Por isso, é fundamental as mulheres se consultarem regularmente com um ginecologista e realizarem o exame preventivo, chamado Papanicolau, anualmente ou a cada dois anos, no máximo.

 

Quais são os fatores de risco para a doença?

 

O HPV, capaz de causar as lesões precursoras do câncer de colo do útero, é considerado uma doença sexualmente transmissível. Isso vale tanto para o contato entre genitais quanto oral-genital. Por isso, os fatores de risco estão ligados ao início precoce da vida sexual e múltiplos parceiros ao longo da vida.

 

Além disso, o tabagismo aumenta as chances desta neoplasia acontecer, já que o epitélio vaginal das fumantes tem menos células de Langerhans (que participam da proteção da pele e mucosas), facilitando a ocorrência de infecções virais, como é o caso do papilomavírus humano.

 

Vale frisar que as mulheres que fazem uso prolongado de pílulas anticoncepcionais (cinco anos ou mais) e têm infecção por HPV, também possuem o risco aumentado.

 

Para quais sintomas é necessário que as mulheres fiquem atentas?

 

Normalmente, o câncer de colo do útero tem desenvolvimento lento, o que não leva ao surgimento de sintomas, sendo detectado apenas durante os exames de rotina. Por isso a importância de fazer o acompanhamento médico adequado. Todavia, ao se tornar avançado, apresenta sinais como:

 

- sangramento vaginal fora do período menstrual;

- corrimento vaginal com mau cheiro e coloração marrom, por exemplo;

- sensação de pressão no fundo da barriga;

- dor constante na pelve ou abdômen;

- dor durante a relação sexual;

- micção mais frequente.

 

Por mais que estes sintomas possam estar ligados a condições benignas, se forem persistentes, devem ser averiguados. Nunca é demais ressaltar que a prevenção é sempre a melhor conduta para combater todos os tipos de tumores, inclusive os de colo do útero.

 

Se você já sabe o que é o câncer de colo do útero e gostou desse conteúdo, compartilhe em suas redes sociais para informar outras mulheres!

 

 

Comentários
Comentar


Outras notícias
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +