Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • >
  • BLOG


nosso blog

11/05/2021 09:05

Câncer ósseo infantil: conheça a doença que tem características bem distintas desta neoplasia em adultos

O câncer ósseo infantil é uma doença com características bem diferentes dos tumores dos ossos em adultos. Para começar, normalmente é decorrente de mutações espontâneas nas células e não de ações ambientais. Além disso, a evolução da neoplasia e as respostas aos tratamentos também podem variar muito.

 

Por isso, a oncologia pediátrica, que atende crianças e adolescentes até os 19 anos de idade, é uma especialidade independente. O tratamento desse tipo de câncer é um dos principais exemplos da importância dos cuidados multidisciplinares.

 

Vale frisar também que o câncer ósseo primário em adultos, o qual se origina no próprio osso, é menos comum do que na pediatria e mais visto em casos secundários, como metástases.

 

Para falar sobre a doença, a qual os pais e responsáveis devem estar atentos, conversamos com a oncologista pediátrica, Dra. Roberta Abreu de Figueiredo. Acompanhe o post e saiba mais sobre o assunto!

 

  1. Existem fatores de risco conhecidos para o câncer ósseo infantil?

 

Na maioria dos casos, não há um fator específico que predisponha as crianças e adolescentes ao câncer ósseo. Em algumas situações, há uma chance maior de desenvolvimento na presença de uma síndrome genética, principalmente a síndrome de Li-Fraumeni (sendo o segundo câncer mais comum nesta população), e em casos de retinoblastoma bilateral (pela associação com anomalias no gene RB1). Raramente, pode ocorrer como neoplasia secundária em pacientes previamente expostos à terapia com radiação ionizante.

 

  1. Para quais sintomas principalmente os pais devem ficar atentos?

 

A queixa mais comum nos pacientes é a dor, podendo estar ou não associada a tumorações de partes moles. Com o tempo, a doença tende a progredir de forma a interromper as atividades diárias. Quando ocorre metástase pulmonar, raramente há sintomas respiratórios, sendo, muitas vezes, um achado nos exames de estadiamento dos pacientes.

 

Outro sintoma que pode estar presente é uma febre prolongada sem foco e fratura óssea espontânea. É importante consultar um médico para determinar a causa de quaisquer sintomas ósseos.

 

  1. Quais os tipos de tumores ósseos mais atingem as crianças?

 

Primeiramente o Osteossarcoma, seguido de sarcoma de Ewing.

 

  1. Como é feito o tratamento?

 

O tratamento tem dois pilares principais: quimioterapia (multimodal sistêmica), tendo como objetivo a diminuição do volume do tumor e tratamento de doença metastática, e o tratamento local, através principalmente da abordagem cirúrgica.

 

O procedimento cirúrgico tem como objetivo principal a ressecção completa do tumor com margens cirúrgicas seguras. A escolha pela cirurgia depende de alguns fatores como localização do tumor, presença de metástases e comprometimento neurovascular.

 

Dependendo do avanço do tumor, pode ser necessária uma conduta mais radical, como amputação ou mesmo desarticulação. Da mesma forma, podem ser utilizados métodos cirúrgicos buscando a preservação do membro, com utilização de endopróteses ou de enxertia óssea. A resseção tumoral tem influência direta no prognóstico dos pacientes.  Em casos onde a cirurgia de ressecção completa não é atingida, ou mesmo para um tratamento mais eficaz em combinação com a cirurgia, a radioterapia pode ser indicada.

 

  1. Se diagnosticados precocemente, quais as taxas de cura?

 

Pacientes com doença localizada têm sobrevida em torno de 70%. Em pacientes com doença metastática (quando o câncer se espalhou), a sobrevida é em torno de 30%. Infelizmente não há meios de prevenção e o diagnóstico precoce ainda é o meio mais eficaz de obter sucesso no tratamento. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas e reclamações persistentes das crianças.

 

Agora que você já sabe mais sobre o câncer ósseo infantil, ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Comente aqui!

 

 

 

 

Comentários
Comentar


Outras notícias
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +