Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • >
  • BLOG


nosso blog

08/07/2022 16:07

Câncer de tireoide: fatores de risco, sintomas e diagnóstico

O câncer de tireoide faz parte do conjunto de neoplasias de cabeça e pescoço, para as quais a campanha Julho Verde é voltada. Inclusive, ele está entre os mais frequentes nessa região do corpo. Outra característica é que afeta três vezes mais mulheres do que homens.

 

Quando se trata do câncer, toda a conscientização é importante. Para fazermos a nossa parte neste mês, conversamos com a cirurgiã oncológica, Dra. Debora Mattana, membro do grupo por área de atuação (GAA) de tumores de cabeça e pescoço. Confira o conteúdo e saiba mais sobre diferentes aspectos desta doença.

 

O que é a tireoide e qual a sua função?

 

Antes de falarmos sobre os tumores que afetam a tireoide, é importante esclarecermos sobre essa glândula, que tem formato similar a uma borboleta e está localizada na região anterior (baixa) do pescoço. Sua função é produzir os hormônios triiodotironina (T3) e tiroxina (T4), que agem no corpo e no metabolismo desde a nossa formação até o fim da vida.

 

A tireoide pode ser acometida por condições benignas, principalmente o hipertireoidismo e o hipotireoidismo, que causam desregulação na produção dos hormônios para mais ou para menos, gerando uma série de sinais e sintomas.

 

Por outro lado, também está sujeira à formação de tumores malignos, graças à multiplicação desordenada e descontrolada das células da glândula.

 

Principais tipos de câncer na tireoide

 

Os carcinomas diferenciados são os tipos mais comuns. Entre eles estão o papilífero (80% dos casos) e o folicular (15% a 20% dos casos). Há, ainda, os carcinomas pouco diferenciados e indiferenciados, sendo que cada um deles é responsável por cerca de 10% dos diagnósticos.

 

Quais os fatores de risco para a doença?

 

Como citado, as mulheres são três vezes mais propensas a desenvolverem tumores na tireoide, porém, isso, de maneira nenhuma, isenta os homens de ficarem atentos. Outros fatores de risco para a doença são:

 

- história de tratamentos com radiação na cabeça, pescoço ou tórax;

- histórico familiar em parentes de primeiro grau;

- dietas pobres em iodo

- idade superior a 40 anos.

 

Quais os sinais e sintomas que merecem atenção?

 

Assim como a maioria das neoplasias, o câncer de tireoide não costuma apresentar sintomas nas fases iniciais. Porém, o primeiro sinal é a presença de nódulos (caroços) no pescoço. Apesar de, normalmente, eles não significarem um câncer, é indicado que sejam investigados.  

 

Outros sintomas, que podem ser observados em alguns casos, são rouquidão ou alterações na voz, sensação de compressão ou de que há algo preso na garganta, sensação de falta de ar e dificuldade na deglutição.

 

Na ocorrência destes sinais, é importante procurar um médico como o cirurgião de cabeça e pescoço para avaliar o quadro e solicitar exames quando necessário. Afinal, quando se trata do câncer, quanto antes for o diagnóstico, maiores são as taxas de cura e menos invasivos são os tratamentos.

 

Esperamos que este conteúdo tenha sido esclarecedor para você. Quer saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados? Acompanhe as nossas redes sociais!

 

 

 

 

Comentários
Comentar


Outras notícias
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +