Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • >
  • BLOG


nosso blog

13/06/2022 08:06

Câncer de rim: o que é, fatores de risco, sintomas, diagnóstico e tratamento

O mês de junho tem a cor verde para conscientizar homens e mulheres sobre o câncer de rim e a importância do diagnóstico precoce. Trata-se de uma doença silenciosa que, na maior parte dos casos, é detectada em estágios avançados, pelo fato de os sintomas serem confundidos com outros problemas de saúde.

 

Para esclarecer sobre os fatores de risco, sintomas, diagnóstico e tratamento, falamos com o urologista, Dr. Alzemir Santos da Silva Junior, que irá explicar aspectos importantes sobre essa neoplasia que, se descoberta em sua fase inicial, tem grandes chances de cura.

 

O que é o câncer de rim e quais são os principais tipos

 

O rim é um órgão muito vital para a nossa saúde, responsável por filtrar o sangue para eliminar substâncias nocivas ao organismo. Quando ocorre um crescimento acelerado e desordenado e das células que compõem o tecido do órgão, se dá o câncer renal.

 

Estima-se que 75% dos casos desta neoplasia são relacionadas ao carcinoma renal de células claras. Existem também outros tipos de tumores de rim, que são o carcinoma papilar de células renais, carcinoma cromófobo de células renais, câncer renal de ductos coletores e carcinoma renal sarcomatoide. Além disso, existe o tumor de Wilms, que costuma ocorrer na infância.

 

Fatores de risco

 

Entre os fatores de risco mais comuns para o câncer de rim, podemos citar:

 

  • Tabagismo;
  • Idade, ocorrendo principalmente após os 50 anos;
  • Obesidade;
  • Histórico familiar;
  • Pressão alta.

 

Sintomas

 

Embora muitas vezes os tumores renais sejam assintomáticos, existem alguns sintomas que merecem atenção, pois podem auxiliar na detecção precoce da doença. Veja quais são os principais:

 

  • Dor persistente na região lombar, nas costas ou abdômen;
  • Perda de peso repentina;
  • Fadiga e cansaço constantes;
  • Presença de sangue na urina;
  • Aumento do volume abdominal;
  • Inchaço nas pernas.

 

Diagnóstico

 

O diagnóstico do câncer de rim se inicia pelo relato de sintomas do paciente e avaliação clínica. Posteriormente, o urologista solicita exames laboratoriais e de imagem, como raio-X, ultrassonografia, ressonância magnética ou tomografia computadorizada. Caso seja encontrada uma lesão suspeita, é indicada a biópsia para determinar se a mesma é maligna ou benigna.

 

Tratamento

 

O tratamento recomendado pelos médicos depende de diversos fatores, como o estágio da doença, extensão do tumor e condições clínicas do paciente. O câncer de rim pode ser tratado com quimioterapia, radioterapia, imunoterapia, cirurgia para remoção da parte afetada pelo tumor, ou remoção completa dos rins, com necessidade posterior de transplante.  

 

Fique atento aos sintomas e às formas de prevenção modificáveis, mantendo hábitos de vida saudáveis, como alimentação equilibrada, prática de exercícios físicos e parar de fumar. No caso de sinais como os citados, não deixe de procurar um urologista.

 

Se você gostou deste conteúdo, confira agora o artigo sobre a diferença entre tumor e câncer.

 

 

Comentários
Comentar


Outras notícias
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +
Titulo do blog Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Quidem vero exercitationem unde veniam reiciendis debitis, quaerat, molestiae culpa, autem provident facere at ipsa facilis animi sit vitae quam tempore aspernatur.
Leia +