Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • BLOG


nosso blog

Outubro Rosa: conheça os fatores de risco, sintomas e tratamentos do câncer de mama
08/10/2021

Outubro Rosa: conheça os fatores de risco, sintomas e tratamentos do câncer de mama

O câncer de mama é o tipo de tumor mais frequente entre as mulheres de todo o mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Nesse contexto, o Outubro Rosa tem o objetivo de conscientizar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce da doença, que possibilitam taxas de cura de até 95%.

 

Para esclarecer alguns aspectos importantes desta neoplasia, conversamos com a oncologista clínica, Dra. Rayana Pecharki Postai. Acompanhe o post e saiba mais sobre o assunto!

Câncer de mama: quando iniciar o rastreamento da doença?
18/10/2021

Câncer de mama: quando iniciar o rastreamento da doença?

Os meses de outubro ganham a cor rosa para alertar sobre o câncer de mama, doença capaz de atingir todas as mulheres, independentemente do histórico familiar e outros fatores. Trata-se de uma neoplasia com taxas de cura que ultrapassam os 90%, se diagnosticada em estágios iniciais.

 

Nesse contexto, o início da pandemia de coronavírus levou muitas pacientes a deixarem de realizar suas consultas e exames de rotina. Para se ter ideia, estima-se que, em 2020, o número de mamografias realizadas foi 42% menos quando comparado a 2019.

 

Felizmente, com o avanço da vacinação, esta situação tem melhorado, mas, ainda assim, há mulheres que, por outros motivos, acabam postergando os cuidados com a saúde e estão sujeitas a tratamentos mais invasivos e índices de cura menores. Pensando em alertá-las sobre a importância da prevenção, conversamos com a mastologista, Dra. Keila Ribeiro Rodrigues. Confira. 

Câncer de mama metastático: é possível ter qualidade de vida a partir do controle da doença
25/10/2021

Câncer de mama metastático: é possível ter qualidade de vida a partir do controle da doença

O câncer de mama metastático é definido quando há células tumorais em outros órgãos do corpo. Apesar de não ter cura, consegue ser controlado. O avanço da medicina permite que muitas mulheres hoje consigam ter vida normal, com qualidade de vida, apesar da doença.

 

Ou seja, nos casos de metástase, não se fala em cura, mas sim em controle. As pacientes nesta condição sempre terão a doença, que pode ficar adormecida (em remissão) e assintomática por tempo indeterminado. Quando os tratamentos conseguem controlar a doença, a mulher pode viver muito bem com se tivesse uma doença crônica, tal como diabetes ou hipertensão.

 

Vale frisar que, mesmo quando detectados em estágios iniciais, cerca de 30% das neoplasias de mama se tornam metastáticas, sendo que a doença pode voltar em outras partes do corpo depois de meses ou anos do primeiro diagnóstico.

 

Para esclarecer o assunto neste Outubro Rosa, conversamos com a oncologista clínica, Dra Emanuella Poyer. Acompanhe o post e saiba mais!

O que são os genes BRCA 1 e 2 e qual a sua relação com o câncer de mama e ovário
29/10/2021

O que são os genes BRCA 1 e 2 e qual a sua relação com o câncer de mama e ovário

Dentro dos conteúdos relacionados ao Outubro Rosa, é importante falarmos sobre os genes conhecidos pela sigla BRCA (do inglês BReast CAncer susceptibility), que têm relação com a ocorrência de câncer de mama e ovário. Estes têm a função biológica de atuar no organismo como supressores tumorais. Ou seja, sua ação natural na produção de proteínas específicas evita o surgimento de neoplasias.

 

No entanto, quando ocorrem alguns tipos de mutações, especialmente nas variantes genéticas denominadas 1 e 2 (daí o nome BRCA1 e BRCA2), perde-se essa ação supressora, ou seja, há uma susceptibilidade ao desenvolvimento de alguns tipos de câncer.

 

Para esclarecer melhor este assunto, conversamos com o cirurgião oncológico e coordenador do Grupo de Tumores Ginecológicos do Centro de Oncologia do Paraná, Dr. William Castelleins. Confira!