Centro de Oncologia

Agende sua
Consulta

×
  • BLOG


nosso blog

Junho Preto: mês de combate ao melanoma, forma mais letal do câncer de pele
11/06/2021

Junho Preto: mês de combate ao melanoma, forma mais letal do câncer de pele

Apesar dos esforços das entidades médicas e científicas mundiais, a incidência e mortalidade pelo melanoma continuam aumentando. Por esse motivo, foi criado o Junho Preto, mês de conscientização sobre a doença.

 

Apesar do câncer de pele do tipo melanoma representar apenas 3% dos casos no Brasil, ele é bastante agressivo, ou seja, tende a gerar metástases para outras partes do corpo se diagnosticado em seus estágios mais avançados. Em contrapartida, se descoberto no início, é curável na maioria dos casos.

 

Para falar sobre a doença, seus fatores de risco e sintomas que auxiliam na detecção precoce, conversamos com o oncologista clínico, Dr. Rafael Vanin de Moraes.

Melanoma: tipos, diagnóstico, tratamentos e inovações da forma mais agressiva do câncer de pele
21/06/2021

Melanoma: tipos, diagnóstico, tratamentos e inovações da forma mais agressiva do câncer de pele

O mês de junho ganhou a cor preta para conscientizar sobre o melanoma, tipo mais agressivo e letal do câncer de pele. Apesar de representar apenas 3% dos casos das neoplasias de pele no Brasil, é fundamental estar atento à ocorrência da doença, já que se diagnosticada em seus estágios iniciais possui altas taxas de cura.

 

No post anterior dedicado ao Junho Preto, falamos sobre o que é o melanoma, os fatores de risco de risco e os sintomas. Para darmos continuidade ao assunto, conversamos com o cirurgião oncológico, Dr. Eurico Cleto Ribeiro de Campos, um dos autores do livro “Oncologia Cutânea”, que trata os principais tipos da doença, sobre como é feito o diagnóstico, os tratamentos e as inovações. Confira!

 

Como combater as infecções que podem ser causadas pela queda da imunidade durante a quimioterapia?
25/06/2021

Como combater as infecções que podem ser causadas pela queda da imunidade durante a quimioterapia?

Quando se fala em quimioterapia, alguns sintomas são conhecidos por grande parte das pessoas, já que são visíveis. Entre eles podemos citar a queda de cabelo, as náuseas, os vômitos e a fadiga. No entanto, existe um efeito “invisível” e perigoso, o qual pode vir até a atrapalhar o tratamento. A ele se dá o nome de neutropenia, que consiste na queda de glóbulos brancos, relacionados à defesa do organismo contra as bactérias, fungos e vírus. Essa condição pode ocorrer como complicação tanto no tratamento de tumores sólidos como nos hematológicos.

 

Em função da redução das barreiras de proteção do corpo, como a pele e mucosas, por exemplo, bem como dos glóbulos brancos, podem ocorrer infecções por vírus, bactérias, fungos e outros parasitas. Nesse contexto, a prevenção é a chave para combatê-las.

 

Pensando em auxiliar os pacientes nesse processo, conversamos com a oncologista clínica, Dra. Rayana Pecharki Postai, e listamos algumas dicas importantes que podem ser seguidas no dia a dia. Confira o post e saiba quais são elas!